27/03/2017 09:59:00
Terceirização tira um dos obstáculos ao desenvolvimento do Brasil

Terceirização tira um dos obstáculos ao desenvolvimento do Brasil




27/03/2017 09:53:00
Prefeito diz que vai liberar, no mínimo, 200 alvarás para auxiliares de táxi

Prefeito diz que vai liberar, no mínimo, 200 alvarás para auxiliares de táxi




27/03/2017 09:42:00
Tchernóbil, a Terra dos Mortos

Tchernóbil, a Terra dos Mortos




27/03/2017 09:40:00
Procuradas há meses, 'gatunas do Nordeste' enfim são presas após furto

Procuradas há meses, 'gatunas do Nordeste' enfim são presas após furto




27/03/2017 09:31:00
Marquinhos vai cobrar explicações por 85 mil uniformes parados em estoque

Marquinhos vai cobrar explicações por 85 mil uniformes parados em estoque




27/03/2017 09:29:00
Sem-terra fazem ameaças e querem chefe do Incra na usina de Bumlai

Sem-terra fazem ameaças e querem chefe do Incra na usina de Bumlai




27/03/2017 09:21:00
Operação tem nova fase com promessa de 5 equipes por região e mais garantia

Operação tem nova fase com promessa de 5 equipes por região e mais garantia




27/03/2017 09:11:00
Federação reúne clubes hoje à tarde para definir tabela das oitavas de final

Federação reúne clubes hoje à tarde para definir tabela das oitavas de final




27/03/2017 09:10:00
Bandidos invadem salão de beleza pela sexta vez e furtam vários objetos

Bandidos invadem salão de beleza pela sexta vez e furtam vários objetos




27/03/2017 09:03:00
Prestes a fraudar concurso, quadrilha é presa com vários aparelhos eletrônicos

Prestes a fraudar concurso, quadrilha é presa com vários aparelhos eletrônicos




27/03/2017 08:59:00
Adolescentes fogem de Unei, mas frio e chuva ajudam monitores em recaptura

Adolescentes fogem de Unei, mas frio e chuva ajudam monitores em recaptura




27/03/2017 08:48:00
Com licitação em agosto, uniforme chegará no 1º dia de aula, diz prefeito

Com licitação em agosto, uniforme chegará no 1º dia de aula, diz prefeito




27/03/2017 08:47:00
08h47Uems abre concurso com 57 vagas para cargos de nível ... - Diario Digital

08h47Uems abre concurso com 57 vagas para cargos de nível ... - Diario Digital



Diario Digital

08h47Uems abre concurso com 57 vagas para cargos de nível ...
Diario Digital
... Dourados (7 vagas gerais, uma para pessoa com deficiência e duas para negros), Mundo Novo (1), Naviraí (2), Paranaíba (1). Auxiliar de Laboratório de Biologia e de Química: Aquidauana (1), Campo Grande (1), Cassilândia (1), Naviraí (1), Dourados (1 ...

e mais »


27/03/2017 08:37:00
Após operação em frigoríficos, maioria não tem medo de consumir carne

Após operação em frigoríficos, maioria não tem medo de consumir carne




27/03/2017 08:26:00
Uniforme chegará às escolas em até 20 dias; kits só na 2ª quinzena de abril

Uniforme chegará às escolas em até 20 dias; kits só na 2ª quinzena de abril




27/03/2017 08:25:57
Naviraiense bate o Ivinhema e manda rival para série B

Naviraiense bate o Ivinhema e manda rival para série B



Dos seis jogos da última rodada do Campeonato Sul-mato-grossense, nenhum foi tão esperado quanto Naviraiense e Ivinhema. Sem nenhuma chance de classificação, as duas equipes se enfrentaram em Naviraí para saber quem conseguiria se salvar do rebaixamento em um confronto direto. Melhor para o Jacaré que derrotou o grande rival por 3 a 1 e permanece na elite do futebol do Estado. O Jogo Precisando vencer já que o empate favorecia o Ivinhema, o Naviraiense contou com a força do torcedor no estádio Virotão. Depois de um começo muito nervoso, o Jacaré abriu o placar aos 35 minutos com Marcelinho, resultado que já servia para evitar a queda. No segundo tempo, Junior Carvalho ampliou o marcador para o time da casa e fez a festa dos torcedores. Precisando de dois gols, o técnico Nilton Bola recorreu ao meia-atacante Alex Cruz que estava como Diretor de Futebol e devido a escassez do plantel resolveu voltar a jogar profissionalmente para este confronto. Com o veterano em campo, o Ivinhema deu sinal de recuperação e Biriba diminuiu o placar aos 33 minutos. Mas a esperança do campeão estadual de 2008 terminou nos acréscimos quando Davi, de pênalti, decretou o resultado final de 3 a 1 para o Naviraiense e o rebaixamento para o Azulão. A conquista foi muito comemorada pela torcida do Jacaré, quase como se fosse um título. Com o grito de, time grande não cai, festejaram a segunda vitoria seguida e a primeira, porém muito importante, dentro do Virotão. COMO FICOU O Grupo B terminou com o Águia Negra na primeira posição com 22 pontos, seguido por Corumbaense, em segundo, com 18, Sete em terceiro com 14 e Urso em quarto com 11, todos classificados. O Naviraiense fecha o estadual na quinta posição do grupo, eliminado, com nove pontos e o Ivinhema, rebaixado, em sexto seis pontos. QUARTAS DE FINAIS Com os resultados, o Águia enfrenta nas quartas de finais o Novo de Campo Grande. Já o Corumbaense mede força com o União ABC, também da capital. O atual campeão Sete de Dourados reedita a final de 2016 já nesta fase com o Comercial. Campeão da Série B de 2016, o Urso tentará chegar a semifinal em duelo contra o Operário. PortaldoMS

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

27/03/2017 08:15:00
Seu comportamento é sua definição de riqueza

Seu comportamento é sua definição de riqueza




27/03/2017 08:11:57
Suíça amplia proibição à carne brasileira para 21 unidades de produção

Suíça amplia proibição à carne brasileira para 21 unidades de produção



A Suíça ampliou a proibição de importação de carne de 4 para 21 unidades processamento brasileiras, como parte de medidas de segurança em toda a Europa, disseram autoridades suíças neste domingo (26), segundo a agência Reuters. Os peritos veterinários da UE recomendaram o reforço dos controles sobre as importações de carne do Brasil após denúncias da Polícia Federal sobre supostas propinas pagas para venda de produtos sem inspeção, no âmbito da Operação Carne Fraca. Chefes dos serviços veterinários dos 28 Estados-membros da União Europeia reuniram-se em Bruxelas para discutir uma resposta da UE ao escândalo e ao risco da carne entrar no bloco. "A extensão da proibição é uma resposta às medidas europeias, visando impedir que a carne chegue ao território da União Europeia via Suíça", disse uma porta-voz do escritório suíço de segurança alimentar e veterinária. A Suíça já havia proibido na terça-feira (21) as importações de 4 unidades envolvidas no escândalo. Em 2016, o país importou US$ 49 milhões em carnes brasileiras. Redução das restrições No sábado (25), China, Chile e Egito disseram que vão reabrir os mercados para as carnes do Brasil, exceto para os 21 frigoríficos investigados pela Operação Carne Fraca. Anteriormente, os países tinham anunciado a suspensão para todas as empresas brasileiras. Veja os principais países que ainda têm restrições: China: retomou o comércio com exceção dos 21 frigoríficos investigados e de cargas liberadas por 7 fiscais suspeitos Chile: também retirou o veto para carnes brasileiras, mas manteve a suspensão para frigoríficos investigados Egito: vai retomar as importações com dupla checagem na saída e na chegada ao Egito União Europeia: mandará de volta carne dos estabelecimentos citados que já estava a caminho da Europa. Representantes virão ao Basil para reuniões e visitas em unidades produtivas África do Sul, Emirados Árabes, Japão e Peru têm restrições parciais Argélia, Bahamas, Hong Kong, Jamaica, México, Panamá e Qatar suspenderam todas as importações Arábia Saudita, Coreia do Sul, Estados Unidos, Malásia e Vietnã reforçaram o controle Argentina, Barbados, Israel e Rússia pediram mais informações sobre frigoríficos Carne Fraca Considerada a maior operação da Polícia Federal, quando se fala em números, a Carne Fraca soma 309 mandados, sendo 37 de prisão. Do total, 36 suspeitos foram presos e apenas um continua foragido. Veja quem são todos os alvos. A PF aponta um esquema de fraude na produção e comercialização de carne. Além de corrupção envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura e produtores, a investigação encontrou indícios de adulteração de produtos e venda de carne vencida e estragada. Das 21 fábricas investigadas, 18 ficam no Paraná. Há ainda a suspeita de que partidos políticos tenham sido beneficiados com o pagamento de propina. MídiaMaxNews

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

27/03/2017 08:04:47
Governo de MS destina R$ 287 milhões para obras em 25 rodovias

Governo de MS destina R$ 287 milhões para obras em 25 rodovias



Com investimentos de R$ 287.988.925,89, o governo do Estado está pavimentando 25 rodovias estaduais em várias regiões de Mato Grosso do Sul. O maior valor aplicado é na MS-460, que recebe R$ 63.336.655,26 para asfaltar 49,6 quilômetros nas regiões conhecidas como Água Fria e Pedra, em Maracaju. A obra é esperada há anos por produtores e moradores do município que reclamavam de atolamentos e dificuldades no trânsito pela estrada de terra. De acordo com o cronograma do governo, o asfalto deve ser entregue por completo até julho deste ano e vai facilitar o escoamento da produção agropecuária. Pela localidade há também muitas usinas de álcool e ainda interliga entroncamentos rodoviários estratégicos, como a rodovia BR-060, que dá acesso a Nioaque, Guia Lopes, Jardim e Bela Vista; a BR-267, que chega a Porto Murtinho e a MS-166, um dos acessos alternativos a Antônio João e Ponta Porã. Para o presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Juliano Schmaedecke, além dos produtores rurais, toda população do distrito de Água Fria será beneficiada também, com melhor acesso e ainda estudantes da área rural, com transporte adequado e sem os constantes atolamentos. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

24/03/2017 02:10:01
Devido ao surto de febre amarela, países exigem vacinação de brasileiros

Devido ao surto de febre amarela, países exigem vacinação de brasileiros



Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, alguns países estão exigindo que viajantes procedentes do Brasil tenham sido vacinados contra a doença. Até o momento, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Panamá, Nicarágua, Venezuela, Costa Rica, Equador e Cuba foram os países que alteraram o status de exigência em relação ao Brasil. Esses países passaram a exigir o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) contra a febre amarela para todos os viajantes acima de nove meses de idade procedentes do Brasil, inclusive viajantes que fizerem conexão por mais de 12 horas. Devido à exigência, os viajantes que partirem do Brasil com destino a esses países deverão apresentar CIVP válido, isto é, com registro de vacinação contra a febre amarela realizada pelo menos 10 dias antes da viagem. Para emissão do CIVP, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o viajante deve ter tomado uma dose da vacina contra a febre amarela, que tem validade para toda a vida. Quem já foi vacinado precisa apresentar o cartão de vacinação com os dados da vacina para emissão do CIVP. Conforme a Anvisa, o viajante que não tiver nenhum histórico vacinal comprovado terá que tomar uma dose para emissão do certificado. O cartão nacional de vacinação deve estar preenchido corretamente com a data de administração e lote da vacina, assinatura do profissional que realizou a aplicação e identificação da unidade de saúde onde ocorreu a aplicação. CIVP O certificado internacional de vacinação ou profilaxia (CIVP) é um documento que comprova a vacinação contra a febre amarela ou outras doenças, sendo exigido por alguns países para evitar a disseminação da doença. Essa exigência está prevista no Regulamento Sanitário Internacional (RSI). No caso do Brasil, atualmente, o CIVP é exigido apenas como comprovante de vacinação contra febre amarela. A emissão do CIVP é gratuita e pode ser emitido nos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante da Anvisa, localizados em Portos, Aeroportos e Fronteiras. Desde abril de 2011, o certificado também pode ser emitido em Unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) credenciadas, como postos de saúde e hospitais, e nas clínicas particulares credenciadas. Para emitir o CIVP, é necessário apresentar o cartão de vacina e documentos pessoais. São aceitos como documentos a Carteira de Identidade (RG), o Passaporte, a Carteira de Motorista válida (CNH), por exemplo. O Certidão de nascimento é aceito para menores de 18 anos. Presença Para obter o CIVP, é imprescindível a presença do viajante ou interessado. Como se trata de um documento de validade internacional, a autoridade sanitária deverá garantir que a assinatura constante do CIVP seja idêntica à do Passaporte ou à da Carteira de Identidade (RG). No caso de criança ou menor de 18 anos, não é necessária a presença quando seus pais ou responsáveis solicitarem a emissão do seu CIVP nos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante, pois a assinatura da criança ou do adolescente menor de 18 anos não é obrigatória. No entanto, de acordo com a Anvisa, recomenda-se que a criança ou o adolescente menor de 18 anos assine o certificado, no caso de necessidade de apresentar outros documentos com a sua assinatura no país de destino para evitar eventuais transtornos. EUA e Europa Segundo a OMS, os Estados Unidos e a maioria dos países da Europa não fazem exigência da vacinação de febre amarela. Mas países que também costumam receber brasileiros, como Austrália, Bolívia, Equador e África do Sul, exigem a apresentação do certificado. Além disso, diversos outros países, principalmente no continente africano em que há risco de se contrair a doença, exigem a apresentação do certificado para que o viajante não seja infectado pela doença. G1

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

24/03/2017 01:43:57
Blairo Maggi vai à China para tentar reverter impacto da Operação Carne Fraca

Blairo Maggi vai à China para tentar reverter impacto da Operação Carne Fraca



Com o intuito de tentar reverter o impasse com os chineses por causa da operação Carne Fraca, que bloquearam totalmente a importação de carne brasileira, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi viaja para a China nos próximos dias, segundo o site O Globo. Ele vai organizar uma missão de empresários brasileiros para conversar com os chineses. Nessa quinta-feira, ele fez uma conferência com a mídia chinesa e colocou a culpa de toda a confusão causada pela operação Carna Fraca em agentes da Polícia Federal. O ministro sugeriu aos chineses que façam uma visita surpresa a qualquer fábrica do país para que atestem a qualidade dos processos. China e Hong Kong suspenderam todas as compras de produtos não apenas dos frigoríficos investigados. Estão proibidas a importação de todo o país e de todo o tipo de carne. Blairo Maggi deve conversar nesta sexta-feira com o ministro da Agricultura da Rússia, para evitar que os russos também adotem medidas restritivas contra a carne brasileira. O governo avalia que os países importadores de carnes têm outros interesses além de explicações técnicas sobre o sistema sanitário brasileiro. Aproveitam falhas apontadas na Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, para forçarem a queda dos preços dos produtos no mercado internacional. Um dos exemplos mais gritantes é o da China, que não se comove com os apelos das autoridades brasileiras para retroceder na decisão de suspender todas as importações provenientes do Brasil. Segundo fontes ligadas ao Palácio do Planalto, a China tem interesses específicos no Brasil, que poderiam ser usados numa negociação para o fim do embargo à carne brasileira. Quer, por exemplo, regras mais claras para participar das concessões, com a definição do ambiente regulatório e do conteúdo local de setores como energia, óleo e gás, de preferência com normas que lhe favoreçam. MídiaMaxNews

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

24/03/2017 01:34:06
Com simulação de interceptação, começa patrulhamento aéreo das fronteiras

Com simulação de interceptação, começa patrulhamento aéreo das fronteiras



Iniciaram nesta sexta-feira (24) as ações da Força Aérea Brasileira (FAB) para patrulhamento aéreo e combate ao tráfico de drogas e contrabando na fronteira do Brasil com o Paraguai e Bolívia. Simulação da interceptação aérea foi feita nesta manhã em aeronave da FAB onde estavam jornalistas que decolaram de Campo Grande com destino a Dourados. Batizada de Operação Ostium, a ação usará aviões de caça e helicópteros, que ficam baseados na Capital e em Dourados. A base de Corumbá, onde foram instalados radares móveis, também auxilia na operação. Para a simulação apresentada nesta manhã, aeronave com tripulação da FAB e jornalistas decolou por volta das 9h30 da Base Aérea da Capital com destino a Dourados. Durante as cerca de 2 horas de voo, uma aeronave A-29 Super Tucano interceptou o avião onde estavam os jornalistas, simulando as ações que serão feitas a partir de hoje. Primeiro, o caça se aproxima da aeronave supostamente irregular por não ter autorização para sobrevoar determinada área e faz um reconhecimento visual. Depois, é feito um interrogatório pelo rádio, quando o piloto de defesa faz uma série de perguntas sobre rota, itinerário e motivo do voo. Se não houver colaboração do piloto da aeronave interceptada, pedido para pouso é feito pelo militar. Se a falta de cooperação persistir, restam duas opções ao piloto de defesa. Disparar um tiro de aviso e depois um tiro de detenção, que tem como objetivo atingir e derrubar a aeronave invasora. Essa ação é respaldada por lei federal, que criou regras para restringir a entrada de aeronaves suspeitas em território nacional, principalmente nas regiões conhecidas por produção e distribuição de drogas. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

24/03/2017 08:18:15
Brasil faz 4 a 1 sobre o Uruguai e encaminha vaga na Copa do Mundo

Brasil faz 4 a 1 sobre o Uruguai e encaminha vaga na Copa do Mundo



Nem mesmo a segunda melhor seleção das Eliminatórias da Copa do Mundo, que só havia conquistado vitórias em casa, foi capaz de frear o Brasil de Tite. Jogando no histórico Estádio Centenário, na noite desta quinta-feira, a equipe nacional conquistou uma contundente virada sobre o Uruguai, por 4 a 1, e chegou ao seu sétimo triunfo consecutivo no torneio. O resultado deixou a vaga no Mundial da Rússia bastante encaminhada – pela projeção de Tite, a classificação já está assegurada, ainda que não matematicamente. A Seleção Brasileira passou a somar 30 pontos ganhos, na liderança disparada das Eliminatórias, contra 23 do segundo colocado Uruguai. Para triunfar novamente, o Brasil precisou provar ter poder de reação em Montevidéu. Marcelo falhou logo no começo da partida, forçando o pênalti do goleiro Alisson sobre Cavani na sequência do lance. O próprio centroavante converteu a cobrança. Paulinho, contudo, liderou a virada visitante com três gols. Neymar também contribuiu com a goleada com uma bela conclusão por cobertura. O embalado Brasil terá o Paraguai pela frente já na terça-feira, em Itaquera, estádio do Corinthians. No mesmo dia, o Uruguai buscará a sua reabilitação diante do Peru, em Lima. O jogo – Preocupado em não deixar o Uruguai confortável para atacar já nos primeiros minutos, o Brasil procurou manter a bola nos pés, trocando passes em seu campo defensivo. Neymar foi além. Aos três, o atacante do Barcelona arrancou de antes do meio-campo e acionou Philippe Coutinho, que cruzou da direita. Coates furou, mas Roberto Firmino também. Pouco depois, Cavani mostrou o oportunismo que o centroavante brasileiro não teve. Marcelo foi displicente ao fazer um recuo curto, com o peito, para Alisson, e o astro uruguaio correu para ficar com a bola. Só não fez o gol porque foi derrubado pelo goleiro. Pênalti. Ele mesmo cobrou, aos nove minutos, e colocou os donos da casa em vantagem no marcador. O gol já no princípio de partida criou o ambiente que Tite temia. Com a sua torcida inflamada nas arquibancadas do Centenário, o Uruguai ganhou tranquilidade para jogar no contra-ataque, como gosta de fazer. Do outro lado, a Seleção Brasileira viu os espaços para as suas investidas diminuírem sensivelmente. Paulinho, então, resolveu encurtar o caminho para o gol. Aos 18 minutos, o volante do chinês Guangzhou Evergrande recebeu a bola de Neymar, carregou pelo meio e soltou o pé de fora da área, acertando o ângulo, quase sem chances de defesa para o goleiro vascaíno Martín Silva. Com a igualdade, o Brasil voltou a se sentir à vontade para impor o estilo de jogo que havia proposto no princípio da partida, com muita movimentação de Neymar. No ataque, quem destoava era Renato Augusto, pouco participativo. E, na defesa, o Uruguai proporcionou mais um susto antes do intervalo. Aos 36, Vecino cabeceou perigosamente para fora após falta batida por Sánchez. No segundo tempo, com o jogo mais brigado, o Brasil conseguiu se sobressair outra vez. Aos sete minutos, Firmino se redimiu da furada do início do jogo ao girar bem na entrada da área antes de finalizar. Martín Silva deu rebote, e Paulinho foi rápido para aproveitar e anotar o seu segundo gol no Centenário. Atrás no placar, o Uruguai teve que se lançar ao ataque, acuando o time de Tite. O técnico Óscar Tabárez tentou colaborar com a pressão dos seus comandados com a troca de Rolán, jogador que escolheu para substituir o suspenso Luis Suárez, por Stuani. Não adiantou. Aos 29 minutos, Neymar fez a diferença na hora em que a Seleção Brasileira tentava conter o ímpeto do Uruguai. Miranda deu um bico para a frente, e o atacante do Barcelona deixou Coates para trás na velocidade, invadiu a área e concluiu com muita categoria, por cobertura, na saída de Martín Silva. Já calmo à beira do campo, sem a necessidade de berrar tanto, Tite mudou a Seleção Brasileira, que deixou de ser ameaçada pelo Uruguai. Fernandinho, Willian e Diego Souza ocuparam as vagas de Renato Augusto, Philippe Coutinho e Roberto Firmino no restante do segundo tempo. Àquela altura, o Estádio Monumental estava silenciado. E houve tempo para transformar a vitória sobre os uruguaios em goleada. Outra vez com Paulinho, já aos 47 minutos do segundo tempo, estufando o peito para empurrar a bola para dentro depois de um cruzamento de Daniel Alves. FICHA TÉCNICA URUGUAI 1 X 4 BRASIL Local: Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai) Data: 23 de março de 2017, quinta-feira Horário: 20 horas (de Brasília) Árbitro: Patricio Loustau (Argentina) Assistentes: Diego Bonfa e Gustavo Rossi (ambos da Argentina) Cartões amarelos: Maxi Pereira, Godín e Coates (Uruguai); Casemiro, Marcelo e Daniel Alves (Brasil) Gols: URUGUAI: Cavani, aos 9 minutos do primeiro tempo; BRASIL: Paulinho, aos 18 minutos do primeiro tempo e aos 7 e aos 42 minutos do segundo tempo; Neymar, aos 29 minutos do segundo tempo URUGUAI: Martín Silva; Maxi Pereira, Coates, Godín e Gastón Silva; Arévalo Ríos, Vecino, Sánchez (Hernández) e Cristian Rodríguez; Rolán (Stuani) e Cavani Técnico: Óscar Tabárez BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho (Willian), Renato Augusto (Fernandinho) e Neymar; Roberto Firmino (Diego Souza) Técnico: Tite correiodoestado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

24/03/2017 08:06:11
JBS suspende produção em 6 dos 7 frigoríficos de carne bovina no Estado

JBS suspende produção em 6 dos 7 frigoríficos de carne bovina no Estado



Principal compradora de bois em Mato Grosso do Sul, a JBS parou hoje o abate em 6 de suas 7 unidades que trabalham com bovinos no Estado. Só a unidade de Anastácio vai manter o trabalho, segundo informou a assessoria de imprensa da empresa, alvo da Operação "Carne Fraca", deflagrada na semana passada pela Polícia Federal, que provocou caos no mercado ao colocar em xeque a qualidade do produto brasileiro, apontado indícios de adulteração dos produtos colocados à venda no País. A paralisação do abate nas plantas da JBS já havia sido informada no começo da semana pelo presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), mas a empresa havia desmentindo a informação. No dia, a JBS admitiu, porém, que avaliava o mercado. Hoje, veio a confirmação da parada que, inicialmente, durará 3 dias. No País todo, a JBS parou o abate em 33 de suas 36 unidades que processam bovinos. Segundo o posicionamento divulgado, na próxima semana, o trabalho volta em todas as unidades, mas abaixo do rotineiro. "A Companhia irá operar em todas as suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva", diz o texto. De acordo com a empresa, as medidas "visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira". "Preocupação com empregos" No material, a JBS também afirma que está empenhada na manutenção do emprego de 125 mil pessoas no País. São 12 mil em Mato Grosso do Sul, considerando as 22 unidades instaladas em 9 municípios, considerando o processamento de carne bovina, carne suína e outros itens de origem animal. A empresa, em 2015, recebeu do governo do Estado incentivo fiscal que vai chegar a 1 bilhão até 2019. Nos últimos anos, a JBS comprou vários frigoríficos no Estado, assumindo uma dívida com a União estimada em R$ 38 bilhões, que não está sendo paga, segundo informação obtida pelo Jornal Midiamax junto à Procuradoria Nacional da Fazenda. Segundo a estimativa da Acrissul, a empresa compra 80% do que é produzido aqui. A entidade, no sábado passado, havia previsto caos no setor com as suspeitas levantadas pela Polícia Federal, que envolvem ainda o grupo BRF, dono das marcas Sadia e Perdigão, além de outras 19 empresas. Em razão dessa operação, auditores fiscais agropecuários recolheram ontem produtos de origem animal em cinco supermercados de Campo Grande, que agora vão para análise em laboratórios do Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária). midiamax

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 05:40:57
Onevan solicita ao TJ/MS designação de juiz para comarca de Itaquiraí

Onevan solicita ao TJ/MS designação de juiz para comarca de Itaquiraí



O deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, apresentou expediente ao desembargador Divoncir Schreiner Maran, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, requerendo a designação de um juiz titular para a comarca de Itaquiraí. Juiz Titular Onevan de Matos explicou em seu requerimento que o município/comarca de Itaquiraí está sem juiz titular há, aproximadamente, 1 (um) ano, o que compromete a efetividade da prestação jurisdicional e traz revezes aos cidadãos. Durante este período a comarca tem sido assistida por juízes designados de outros municípios, os quais comparecem a Itaquiraí um ou dois dias por semana e atuam, preponderantemente, em processos considerados urgentes e na realização de audiências, principalmente na esfera criminal. "Esta situação tem trazido muita preocupação aos jurisdicionados da comarca de Itaquiraí, visto que todos os demais processos judiciais – aqueles considerados não urgentes, os quais não englobam pedidos liminares, cautelares ou a liberdade de cidadãos – não tem tramitado regularmente", explicou Onevan de Matos. Peculiaridades Outro ponto abordado pelo deputado estadual em seu expediente ao Tribunal de Justiça são as peculiaridades de Itaquiraí – município que possui uma ampla zona rural, cujos moradores dos assentamentos já encontram na distância à sede do município um obstáculo natural para o exercício de seus direitos de cidadão. "A designação de um magistrado titular para a comarca de Itaquiraí é uma necessidade urgente, principalmente para garantir aos cidadãos do município/comarca o acesso e o exercício da Justiça – um dos pilares do Estado Democrático de Direito", finalizou o deputado estadual Onevan de Matos. Fernando Ortega –Assessor de Imprensa do Gabinete

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 02:11:58
Brasil visita o Uruguai para pôr um pé na Copa da Rússia

Brasil visita o Uruguai para pôr um pé na Copa da Rússia



Com todo respeito à Argentina do genial Lionel Messi ou ao Chile, campeão das últimas duas Copas Américas (2015 e 2016), mas Brasil e Uruguai farão na noite desta quinta-feira, às 20h (de Brasília), com transmissão da TV Globo, do SporTV e do GloboEsporte.com, o maior jogo das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. Mesmo sem os dois camisas 9, Gabriel Jesus, machucado, e Luis Suárez, suspenso, as duas seleções têm números, feitos e glórias suficientes que reúnem motivos de sobra para defenderem essa tese. Separamos apenas nove, em homenagem aos desfalques, para contar esse clássico: 1) Líder x vice-líder O Brasil tem 27 pontos e o Uruguai 23. São as duas seleções com maior possibilidade de irem à Copa do Mundo de 2018 neste momento. A Celeste protagonizou o primeiro terço do torneio, com vitórias em sequência – sem Suárez, como alertou Tite – e ótimo futebol, até os pentacampeões arrancarem sob comando de Tite e assumirem a liderança. Nesta noite, ou o Brasil dispara ou o Uruguai encosta e embola novamente a disputa pela ponta. 2) As melhores defesas x os melhores ataques Ninguém fez mais gols nas eliminatórias do que o Brasil: 28 em 12 jogos. E ninguém sofreu menos gols do que o Brasil: 9. O Uruguai é o segundo nos dois quesitos: marcou 24 e levou 11. Com estilos diferentes, como a bola no chão canarinho ou os lançamentos longos da Celeste, as equipes têm alcançado o equilíbrio que todo técnico sonha: ataque eficiente e defesa segura. 3) O artilheiro Suárez não joga, mas o artilheiro das eliminatórias é Edinson Cavani, com oito gols. No melhor ano individual de sua carreira, o atacante deverá atuar com uma função de maior dedicação ao time nesta quinta-feira, aberto pelo lado direito, auxiliando na marcação. Foi assim, por exemplo na semifinal da Copa das Confederações de 2013, quando o Brasil venceu por 2 a 1 num tremendo sufoco. O gol uruguaio? Sim, foi de Cavani... 4) Os tabus O Brasil não perde do Uruguai há 16 anos. A última derrota foi na estreia de Luiz Felipe Scolari no comando da equipe, em 1º de julho de 2001: 1x0 no mesmo estádio Centenário, palco do jogo desta noite. Por outro lado, há um tabu a ser quebrado. Neymar, principal craque brasileiro, jamais fez um gol contra a Celeste. Foram dois jogos: 2x1 na Copa das Confederações de 2013 (gols de Fred e Paulinho) e 2x2 no primeiro turno dessas eliminatórias (Renato Augusto e Douglas Costa). 5) Quem é imbatível? O Brasil de Tite ou o Uruguai dentro de casa? Ambos levaram apenas um gol em seis jogos. No caso da Seleção, foi um gol contra, do zagueiro Marquinhos. Sim, nenhum jogador adversário conseguiu fazer gol desde que a comissão técnica foi substituída. Já o Uruguai foi vazado no Centenário pelo atacante Caicedo, do Equador. O saldo do Brasil de Tite nas eliminatórias é de 17 gols a favor e um contra. O Uruguai em casa tem 16 gol marcados e um sofrido. 6) O recorde de Tite. O recorde de Tabárez Se o Brasil ganhar, chegará à sétima vitória consecutiva e baterá o recorde da equipe de João Saldanha, que em 1969 bateu seis adversários em sequência em uma mesma edição das eliminatórias. Já Oscar Tabárez terá um feito a celebrar, independentemente do resultado. Ele comandará o Uruguai pela 168ª vez, e se tornará o técnico com o maior número de jogos por uma seleção, à frente do alemão Sepp Herberger. 7) Os substitutos Se Gabriel Jesus e Suárez não jogam, boa oportunidade de analisar seus reservas. No Brasil entrará Roberto Firmino, muito elogiado por seu técnico no Liverpool, o alemão Jürgen Klopp, e autor de um gol nessas eliminatórias, na goleada por 5 a 0 sobre a Bolívia, em outubro do ano passado. No Uruguai, o comando do ataque caberá a Diego Rolán, do Bordeaux, que já fez dois gols no torneio. 8) Protagonistas do 6x1 Ninguém se esquece da épica virada do Barcelona, que perdeu por 4 a 0 para o PSG na França, mas virou com um 6x1 na Espanha. Neymar fez dois gols, sofreu pênalti, deu assistência... Foi o cara do jogo no Camp Nou. Do lado francês, Cavani marcou nas duas partidas, mas não foi o bastante. O zagueiro Marquinhos cometeu um pênalti que causou muita discussão no centroavante Suárez. Brasileiros e uruguaios estão no topo do futebol mundial. 9) Pedra no sapato O Uruguai de Tabárez, em 11 anos, recuperou a autoestima da Celeste, foi semifinalista da Copa do Mundo de 2010, conquistou a Copa América de 2011 eliminando a Argentina de Messi na casa do rival, venceu Inglaterra e Itália no Mundial de 2014... Só faltou ganhar do Brasil. Essa é uma frase dita habitualmente nos bastidores da equipe. Foram várias chances, mas a Seleção sempre levou a melhor. O Uruguai fará de tudo para que nesta quinta-feira à noite, a história seja diferente. G1

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 01:56:16
Estado e Petrobras buscam acordo sobre gás boliviano

Estado e Petrobras buscam acordo sobre gás boliviano



Governo do Estado e Petrobras negociam, hoje, acordo para estabilizar receita do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o gás boliviano. Queda na importação, nos últimos dois anos, soma prejuízo de R$ 939 milhões. No Rio de Janeiro, sede da companhia, se reúnem nesta manhã equipes do secretário de Fazenda, Marcio Monteiro, e do diretor executivo de Refino e Gás Natural, Jorge Celestino Ramos. “Estamos confiantes que a Petrobras vai apresentar uma equação financeira favorável a Mato Grosso do Sul”, pontuou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), via assessoria de imprensa. Soluções são negociadas com a estatal, desde a semana passada, para que não se acentue desequilíbrio econômico nos cofres estaduais ao se substituir o gás boliviano, que gera divisas, pelo extraído no Pré-sal. Caso é acompanhado pelo Palácio do Planalto. SITUAÇÃO CRÍTICA Queda de 62,9% na arrecadação do ICMS do gás natural no primeiro mês do ano acendeu alerta vermelho nas finanças públicas do Governo do Estado. Em janeiro deste ano, volume de gás ficou em 453,4 milhões de metros cúbicos, o que rendeu apenas R$ 38,6 milhões de ICMS aos cofres públicos estaduais, enquanto em janeiro de 2016, o Estado havia arrecadado R$ 104,3 milhões com a tributação sobre 948,2 milhões de metros cúbicos. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 01:47:43
Em retaliação a países, pecuaristas querem apoio de políticos para barrar importação

Em retaliação a países, pecuaristas querem apoio de políticos para barrar importação



Em resposta às medidas de vários países que suspenderam a importação da carne brasileira depois da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, pecuaristas de Campo Grande querem apoio da classe política para enviar proposta ao Governo Federal de também impedir a entrada de alguns produtos importados no Brasil. A ideia seria “responder na mesma moeda” começando por países mais próximos como o Chile. Presidente da Frente Nacional da Pecuária e produtor rural do Estado, Chico Maia está na Câmara da Capital, nesta manhã, para convencer vereadores de que documento com propostas para sanar o problema da suspensão da compra da carne brasileira precisa ser encaminhado ao Governo Federal. Maia ressalta que o abate de boi gordo está suspenso no Estado e que muitos pecuaristas estão com animais prontos para embarcarem para frigoríficos, mas que em razão da suspensão da exportação, todo o processo está parado. "Pode já haver um impacto ao produtor e toda cadeia, uma vez que a programação de novos abates está suspensa”. Em relação ao envio de documento para o Governo Federal, endereçado ao presidente Michel Temer (PMDB) e ao Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, Chico Maia explica que a medida de “agir com reciprocidade” seria uma maneira de pressionar países a voltar a importar carne brasileira, tendo em vista que problemas apontados na operação da PF foram pontuais. Essa retaliação, na visão de Maia, começaria pelo Chile, país que já suspendeu compra da carne brasileira. A proposta é que o Brasil deixe de comprar salmão, vinhos e frutas chilenas. “Começaria pelo Chile pela proximidade, mas estenderia para outros países”, afirma Maia. Essa retaliação já foi até cogitada pelo ministro Maggi, no início da semana, mas até agora o assunto não foi levado para frente no Governo em razão da suspensão da importação por parte do Chile ser temporária. Depois de apresentar a ideia para os vereadores, o pecuarista pode fazer a mesma mobilização na Assembleia, se tiver convite dos deputados. REFLEXOS Há expectativa de que a suspensão das importações impacte o preço da carne ao pecuarista e em consequência ao consumidor. Com mais oferta e menos demanda do mercado, o temor é que o valor da arroba do boi caia. “O preço de compra pode ser ruim para o produtor”. Com o preço mais baixo para o pecuarista, o valor das carnes também poderia baixar nos supermercados. Maia também afirma que mesmo que a suspensão de compra brasileira seja encerrada por países estrangeiros, há risco de prejuízos ao país porque pode haver renegociação do valor já acertado. Levantamento do Ministério da Agricultura revela que a média de exportações de carne do Brasil caiu de 63 milhões de dólares para 74 mil dólares por dia. Dos 21 frigoríficos investigados pela Polícia Federal, a prioridade é liberar seis deles que tinham liberado carne para exportação nos últimos dois meses. Os três frigoríficos interditados no Paraná, Santa Catarina e Goiás continuam fechados. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 08:15:37
Prefeito fala sobre a situação atual de Naviraí

Prefeito fala sobre a situação atual de Naviraí



Através do programa Informe Municipal, levado ao ar pela Rádio Cultura de Naviraí, no último sábado (18/03), o prefeito Dr. Izauri concedeu uma entrevista para falar sobre os projetos em andamento e demais iniciativas que estão sendo levadas a efeito pela Administração Municipal. Disse das dificuldades que o país está atravessando no momento e em Naviraí a situação não é diferente. “Temos andado bastante e conversado com os demais colegas do Conesul, integrantes do Consórcio, bem como de outros municípios do Estado e todos são unânimes em falar sobre as dificuldades que vêm enfrentando”, comentou Izauri. Ao entrevistador disse da queda do coeficiente do município que já esteve em 3.0 de arrecadação, na administração passada foi de 1.89 e hoje se encontra em 1.68. “É uma perda muito grande para o município essa diminuição de arrecadação. De toda a arrecadação oriunda do ICMS recolhido entre os município é feito um "bolo" e repartido entre todos os municípios do Estado. Essa queda hoje é representada em torno de 330 mil reais mensais e de 3.800 milhões anual, significando um grande impacto em nossa receita”, esclareceu o prefeito. Um dos nossos grandes problemas à nível nacional é o da saúde e em Naviraí a saúde é considerada de boa qualidade, se compará-la a outros sistemas de outros municípios. “Mas não estou satisfeito, a nossa equipe não está satisfeita, o nosso corpo médico não está satisfeito, por não podermos, no momento, proporcionarmos um melhor atendimento” destacou o prefeito dizendo que o problema é que assumiu uma administração municipal onde a rede de distribuição de medicamentos está com falta de medicamentos. “No Hospital Municipal, na Farmácia, no Centro Odontológico, em todos esses locais o estoque já estava praticamente zerado, e a população sabe que para aquela administração já vinha faltando e essa reclamação já nos era feita ainda em nossa campanha, e para essa fonte ser reabastecida, o valor é alto” disse o prefeito explicando que há inclusive laboratórios que não querem fornecer medicamentos para Naviraí porque a considera inadimplente, mas que já estão sendo negociados os créditos que têm a receber e convencendo-os a voltarem a vender ao município. O chefe do executivo ainda informou que o município está avançando na busca de recursos e já está acontecendo um incremento na receita por meio do IPTU, o que facilitará a normalização dos serviços prestados pela Administração. FolhadeNaviraí

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 08:09:17
Carne Fraca pode gerar prejuízo de US$ 1,5 bilhão por ano, diz ministro

Carne Fraca pode gerar prejuízo de US$ 1,5 bilhão por ano, diz ministro



De acordo com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o Brasil poderá ter um prejuízo de até US$ 1,5 bilhão por ano com os desdobramentos da operação Carne Fraca, da PF (Polícia Federal). “Os prejuízos que vamos ter serão muito grandes", advertiu. Segundo ele, a média diária de exportação brasileira de carnes é de US$ 63 milhões e ontem (21) ficou em US$ 74 mil. “Estamos falando de números estratosféricos. Não sabemos o tamanho da pancada que vamos levar ainda”, disse. O ministro disse ainda que os problemas identificados na operação são questões “localizadas” e “pontuais” de desvio de conduta de servidores. Blairo Maggi defendeu o sistema e controle de qualidade da carne brasileira e disse que com o episódio a imagem do país ficou “arranhada” e “abalada”, impactando nas vendas para o mercado externo. A grosso modo, o Brasil terá uma oscilação de mercado de aproximadamente 10% "num volume de US$ 15 bilhões que exportamos por ano nessas carnes. Vamos ver aí R$ 1 bilhão, R$ 1,5 bilhão de prejuízo por ano", segundo informações da Agência Brasil. O ministro participa nesta tarde de audiência pública conjunta das comissões de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Aos senadores, o ministro disse que os problemas identificados na operação não são predominantemente de qualidade da carne, mas sim problemas relacionados à corrupção e desvios de conduta. “Quero defender o sistema brasileiro de controle, o sistema que atesta esses produtos. Não tenho dúvida nenhuma em afirmar que esse problema que aconteceu é localizado, pontual, um problema de desvio de conduta dos servidores”, disse. Blairo Maggi disse que foi pego de surpresa com a forma que a operação da Polícia Federal foi divulgada e que a narrativa feita trouxe problemas à credibilidade da carne brasileira no mercado internacional. “Em nenhum momento questionamos a ação da Polícia Federal de investigar os fatos que foram a ela denunciados. Quero deixar claro que não podemos fazer a defesa daqueles que fizeram coisa errada, mas, da forma como ela foi conduzida e apresentada à população brasileira é que digo que fomos pegos de surpresa. Anos e anos trabalhando para chegar a uma credibilidade nacional e mundial e a narrativa que foi feita nos trouxe esse problema”, disse. Por mais de uma vez, o ministro ressaltou que não é contra as investigações da PF. “Não somos contra a investigação da Polícia Federal. As investigações não vão parar por que achamos que foi comunicada de forma errada”, disse. CampoGrandeNews

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

23/03/2017 08:01:15
Governador muda reforma na Previdência para acabar com rombo bilionário

Governador muda reforma na Previdência para acabar com rombo bilionário



A decisão do presidente Michel Temer (PMDB) de passar para os Estados e municípios a responsabilidade de promover as mudanças na Previdência Social dos seus servidores, levou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) a refazer o projeto de lei complementar para equilibrar as finanças previdenciária de Mato Grosso do Sul. Do jeito que está, advertiu o governador, o Estado quebra porque ficará sem dinheiro para pagar os aposentados e pensionistas, como já vem ocorrendo com Rio de Janeiro. Azambuja estava concluindo proposta para ser encaminhada até o fim do mês à Assembleia Legislativa, tendo por base o estudo da reforma da Previdência do governo federal. Agora terá de aprofundar as mudanças das regras com a decisão de Temer não dividir o ônus com os Estados e municípios. O texto em formatação estava previsto para a apreciação dos deputados estaduais no mês que vem, agora fica sem prazo fixo. O governador deverá manter a ideia de aumentar a contribuição do servidor e estabelecer teto para Previdência Complementar. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

22/03/2017 07:04:04
Corumbá, Jardim, Coxim e Naviraí recebem atendimento com o ... - Capital News

Corumbá, Jardim, Coxim e Naviraí recebem atendimento com o ... - Capital News



Capital News

Corumbá, Jardim, Coxim e Naviraí recebem atendimento com o ...
Capital News
O programa foi criado em 2013 e, desde então, já levou atendimento especializado até Aquidauana, Coxim, Corumbá, Dourados, Jardim, Miranda, Naviraí e Três Lagoas. Só em 2016, o programa atendeu quase 7 mil pessoas espalhadas pelo interior do ...
Cassems leva atendimento itinerante de geriatras e psiquiatras a ...Campo Grande News

todos os 2 artigos »


22/03/2017 01:27:56
Vigilância Sanitária percorre supermercados da Capital e recolhe carnes

Vigilância Sanitária percorre supermercados da Capital e recolhe carnes



Equipes da Vigilância Sanitária de Campo Grande percorrem supermercados nesta manhã recolhendo carnes que foram produzidas em frigoríficos investigados pela Polícia Federal na operação Carne Fraca, deflagrada na semana passada. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o recolhimento de carnes começou ontem à tarde por supermercados da Rede Comper. Nesta manhã, a reportagem acompanha equipe com três vigilantes que farão fiscalização em supermercados da Rede Pires. O primeiro a ter carnes recolhidas é a unidade localizada na Avenida Tamandaré. As ações devem durar três dias e os resultados da verificação de rótulos e conteúdo das embalagens só devem ficar prontos em 15 dias. Ontem, por meio da assessoria de imprensa da Sesau, a gerente técnica da fiscalização de alimentos da Vigilância, Monica Tisher, afirmou que a presença de conservantes nas carnes seria avaliada. “Vamos avaliar a parte de microbiologia, se há presença de bactérias nocivas, presença de corpos estranhos, como papelão, osso, e, além disso, se foi colocado conservante nas carnes”, detalha Monica. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

22/03/2017 01:22:16
Advogado esquartejado pode ter participado da morte de irmão de Pavão

Advogado esquartejado pode ter participado da morte de irmão de Pavão



A polícia brasileira não descarta a possibilidade de Américo Ramirez Chavez, 37 anos, advogado que teve o corpo esquartejado nesta madrugada ter participado do assassinato de Ronny Chimenez Pavão, irmão do traficante Jarvis Chimenez Pavão, que ocorreu no último dia 14. Conforme o site ABC Color, pistoleiros chegaram na residência de Américo, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e o retiraram à força do local. A família então acionou a polícia para informar sobre o caso. Empresário Ronny Pavão foi executado a tiros por dois homens que ocupavam motocicleta. Na ocasião, a vítima saía de academia de ginástica, no centro de Ponta Porã. CASO Américo foi assassinado no cruzamento da Rua João Gualberto Cabral com a Rua Amélia, no Bairro da Granja, próximo a pista do Aeroporto Internacional de Ponta Porã, na região de fronteira do Brasil com Paraguai. Braços, pernas, cabeça e tronco estavam separados em sacos de lixo. Moradores que se depararam com o corpo informaram que no cruzamento foram encontrados vários sacos pretos de lixo contendo braços, pernas e cabeça que foram separados do corpo da vítima. Ainda segundo a polícia, contra Américo havia mandado de prisão em aberto pela prática do crime de homicídio. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

22/03/2017 08:31:43
Onevan assegura emenda parlamentar para Jaraguari

Onevan assegura emenda parlamentar para Jaraguari



O deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, cumpriu agenda institucional, nesta segunda-feira, e assegurou a destinação de emenda parlamentar (Exercício 2017) para o município de Jaraguari. Onevan foi recebido pelo prefeito Edson da Farmácia (PSDB) e pelos vereadores Áureo da Silva Vilela (Tuim), presidente da Câmara Municipal, e Renê Sérgio Lima de Moura – que já haviam o convidado para participar da sessão ordinária do Legislativo. Câmara de Vereadores – O deputado estadual Onevan de Matos ouviu algumas reivindicações das lideranças políticas e dos munícipes que participaram da sessão da Câmara, comprometendo-se a trabalhar junto ao Governo do Estado para a obtenção de novos recursos e investimentos para Jaraguari. “O Edson está muito focado em recuperar o desenvolvimento socioeconômico de Jaraguari, de modo que vou auxiliá-lo a buscar investimentos e obras, o que alavancará a geração de empregos no município”, declarou Onevan de Matos. Emenda Parlamentar – Onevan de Matos assegurou, por fim, a destinação de emenda parlamentar para Jaraguari, contemplando os pedidos que lhe foram apresentados pelo prefeito Edson da Farmácia e pelos vereadores Áureo da Silva Vilela (Tuim) e Renê Sérgio Lima de Moura. “Vou destacar recursos, neste ano de 2017, para atender alguma demanda importante de Jaraguari. O Edson da Farmácia vai se reunir com sua equipe de secretários e com os vereadores, de modo a apontar em qual área os recursos são mais essenciais para a população de Jaraguari. Os recursos estão garantidos”, finalizou o deputado estadual. (Texto: Fernando Ortega – Ascom Gabinete Parlamentar). NaviraíNotícias

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

22/03/2017 08:25:16
Japão barra importação de carne de frigoríficos investigados

Japão barra importação de carne de frigoríficos investigados



A embaixada do Japão no Brasil informou hoje (21) que o país interrompeu a importação de carne produzida nos 21 frigoríficos que são alvo da Operação Carne Fraca, deflagrada na semana passada pela Polícia Federal (PF). A suspensão vale "até novas notificações" e inclui tanto o comércio de frango quanto de "outros produtos" com origem nas unidades investigadas. A operação da PF apura o envolvimento de frigoríficos em um esquema criminoso que subornava fiscais federais para que fosse autorizada a comercialização de produtos que já estavam em condições impróprias para consumo. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), 18 estabelecimentos são do Paraná, dois de Goiás e um de Santa Catarina, pertencentes a grandes empresas como a JBS e a BRF. Exportação Até o fim da noite, o ministério deve divulgar um balanço do total de países que adotaram medidas semelhantes. De acordo com a pasta, a informação até o momento é de que o Japão apenas pediu esclarecimentos ao governo brasileiro sobre o assunto. A China também suspendeu temporariamente a entrada de carne brasileira no país. Ontem, a Coreia do Sul também havia decidido interromper a importação dos produtos brasileiros por conta das denúncias, mas hoje voltou atrás e revogou a suspensão. MídiaMaxNews

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

22/03/2017 08:11:49
Avião-radar da Força Áerea Brasileira monitora áreas de fronteiras do narcotráfico

Avião-radar da Força Áerea Brasileira monitora áreas de fronteiras do narcotráfico



Operando a partir da Ala 5 (nova denominação da Base Aérea de Campo Grande), avião-radar E-99, da Força Aérea Brasileira (FAB) está monitorando as fronteiras com a Bolívia e Paraguai, em trabalho de repressão ao tráfico de drogas. A aeronave deslocada para a região está integrada à Operação Ostium, deflagrada há dez dias pela Aeronáutica para patrulhamento das faixas de fronteira. No Mato Grosso do Sul, o E-99 é apoiado por dois radares móveis, instalados em Corumbá e Dourados. A missão é coibir o tráfico aéreo da cocaína boliviana e da maconha paraguaia, que nos últimos meses teria se intensificado por meio de voos clandestinos. Além do avião-radar, o patrulhamento está sendo feito pelas aeronaves de caça A-29 Super Tucano, helicópteros H-60 Black Hawk e AH-2, as de reconhecimento R-35A e RA-1 e Aeronaves Remotamente Pilotadas RQ-450. As ações fazem parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), do Ministério da Defesa, e devem prosseguir até o fim do ano. Elas envolvem voos de monitoramento e patrulha, instalação temporária de radares móveis em cidades próximas às fronteiras, além de Chapecó (SC); reforço das atividades aéreas nas bases da FAB; e deslocamento de aeronaves militares para cidades como Cascavel (PR), Foz do Iguaçu (PR) e Dourados. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

22/03/2017 08:08:42





Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

21/03/2017 03:33:55
Canadá tem interesse em ajudar o Estado a patrulhar fronteiras

Canadá tem interesse em ajudar o Estado a patrulhar fronteiras



Mato Grosso do Sul pode receber ajuda do Canadá no combate ao tráfico de drogas nas fronteiras com Bolívia e Paraguai. O interesse foi declarado pelo embaixador canadense no Brasil, Riccardo Savone. Ontem, ele participou de reunião com o governador Reinaldo Azambuja e o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, além do governador de Mato Grosso, Pedro Taques. O apoio se daria por meio de investimentos em aparelhamento e modernização da polícia, treinamentos, troca de experiências e de dados sigilosos. Parceria assim ocorreu durante os jogos Olímpicos do Rio 2016, quando o governo canadense também cedeu à Polícia Federal equipamentos de detecção de armas químicas, biológicas e nucleares, a fim de prevenir ataques terroristas. O interesse do Canadá se dá em razão do fato de que boa parte da maconha e cocaína que entram no Brasil por território sul-mato-grossense, vindas do Paraguai e Bolívia, chegam à América do Norte, potencializando problemas de saúde e segurança nos países daquela região. A reunião com o embaixador ocorreu durante o 2° Encontro de Secretários de Segurança Pública, realizado em Campo Grande. Savone destacou o trabalho feito na fronteira de seu país com os Estados Unidos, no que se refere ao combate ao tráfico. Segundo ele, as experiências promovidas lá serviram como ponto de partida para ação internacional estendida também à Colômbia, Peru, Equador e Bolívia, grandes fornecedores de cocaína. “Estas operações preventivas garantem a soberania e a prosperidade das nações, diante do crime organizado”, disse. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

21/03/2017 03:04:55
Crise da carne causou embaraço econômico ao Brasil, diz Temer

Crise da carne causou embaraço econômico ao Brasil, diz Temer



Com a ameaça de países estrangeiros em barrar a importação da carne brasileira, o presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (21) que a descoberta de fraudes em frigoríficos nacionais causou um "embaraço econômico" para o país. Em discurso a empresários e investidores, o peemedebista avaliou que causou um "grande alarde" as irregularidades descobertas pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, mas minimizou o seu alcance no mercado brasileiro. A estratégia de minimizar as irregularidades e criticar a atuação da Polícia Federal tem sido usada pelo governo peemedebista na tentativa de evitar um impacto maior na compra da proteína animal pelo mercado internacional. "Houve um grande alarde nos últimos dias em relação à carne brasileira e, evidentemente, que isso causa, não posso deixar de registrar, um embaraço econômico ao país", disse. "Não podemos deixar transitar impunemente um alarde que não alcança a totalidade dos frigoríficos e exportadores brasileiros", acrescentou. O presidente defendeu que desvios cometidos por servidores públicos "devem ser apurados" e comemorou a decisão da Coreia do Sul de retomar a compra do frango brasileiro. "Certamente pela pronta resposta das autoridades brasileiras e dos esclarecimentos cabais dos fatos", disse. Na tentativa de acalmar o mercado financeiro, o presidente defendeu que nenhum episódio vai tirar o país do rumo do crescimento. "O Brasil tem rumo e não vai se distrair", ressaltou. Em reunião no Palácio do Planalto, na noite de segunda-feira (20), presidente defendeu que a equipe ministerial contribua na ofensiva para reduzir os danos da crise da carne e defenda o discurso de que é um "episódio localizado", que não envolve a maioria dos frigoríficos. Ele pregou que, em discursos públicos, auxiliares e assessores deem a "real dimensão" do problema e expliquem o esforço feito pela gestão peemedebista. O presidente demonstrou ainda preocupação com a possibilidade de demissões em frigoríficos, agravando o cenário de desemprego. Além do impacto na balança comercial, o Palácio do Planalto receia que a crise da carne afete a expectativa do mercado financeiro de recuperação da economia, considerada o principal trunfo da gestão peemedebista diante das denúncias de envolvimento de ministros na Operação Lava Jato. A preocupação manifestada pelo presidente é que a economia demore mais para se recuperar. A previsão mais pessimista feita à reportagem por integrantes do governo é de que o quadro de crise pode rebaixar a previsão de crescimento de 1,2% para menos de 1%. Em discurso, em evento promovido pelo Conselho das Américas, o peemedebista também afirmou que recebeu no final de semana um telefonema do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Segundo ele, o americano demonstrou interesse em estreitar as relações comerciais e políticas entre os dois países. CorreiodoEstado

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

21/03/2017 02:44:22





Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

21/03/2017 01:55:44
Supremo coloca Lava Jato outra vez nas ruas

Supremo coloca Lava Jato outra vez nas ruas



O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou nova etapa da Operação Lava Jato. A Polícia Federal (PF) cumpre na manhã desta terça-feira, 21, buscas e apreensões. Alguns alvos estão em Pernambuco e dois mandados são cumpridos na Bahia. O material apreendido deve ser levado para análise em Brasília. Os senadores peemedebistas Renan Calheiros e Eunício Oliveira conversam no plenário do Congresso Os senadores peemedebistas Renan Calheiros e Eunício Oliveira conversam no plenário do Congresso (Crédito:Agência Brasil) Os alvos desta etapa não são políticos, mas pessoas ligadas aos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Humberto Costa (PT-PE), Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Valdir Raupp (PMDB-RO). Leia também TCU faz acordo com Lava Jato para livrar empreiteiras de punição Em Pernambuco, um dos alvos é Mário Barbosa Beltrão, empresário ligado ao senador Humberto Costa. O material apreendido deve ser levado para análise em Brasília. Esta fase não tem relação com a delação de executivos da empreiteira Odebrecht, ainda sob análise do ministro Edson Fachin, relator do caso no Supremo. Em agosto de 2016, a 33ª fase da Lava Jato – autorizada pelo juiz federal Sérgio Moro – investigou alvos de crimes de organização criminosa, cartel, fraudes licitatórias, corrupção e lavagem de dinheiro em Pernambuco. Na ocasião, o alvo foi a construtora Queiroz Galvão e os executivos ligados à construtora Ildefonso Colares e Othon Zanoide foram presos. Estadão

Conteúdo original publicado no Jornal Correio do Sul TV - http://www.jornalcorreiodosul.com.br.

19/03/2017 07:27:58
De Naviraí para o mundo, dançarino mescla RBD e Michael ... - Campo Grande News

De Naviraí para o mundo, dançarino mescla RBD e Michael ... - Campo Grande News



Campo Grande News

De Naviraí para o mundo, dançarino mescla RBD e Michael ...
Campo Grande News
"De Naviraí para o mundo do hip hop". É assim que Emanuel Rodrigues, de 17 anos, se define em sua página no Facebook. O garoto que estuda o 3º ano do Ensino Médio aprendeu a dançar por tutoriais do Youtube e se orgulha em dizer que o primeiro e ...



17/03/2017 03:35:07
O policial federal, que não teve a identidade revelada por sigilo da ... - O Progresso - Dourados

O policial federal, que não teve a identidade revelada por sigilo da ... - O Progresso - Dourados



O Progresso - Dourados

O policial federal, que não teve a identidade revelada por sigilo da ...
O Progresso - Dourados
Durante o depoimento, o agente negou estar embriagado e comprovou ter Carteira Nacional de Habilitação. O PF foi liberado e responderá pelo crime em liberdade. O agente é natural do Rio de Janeiro e estava em serviço em Naviraí. Agora em liberdade ...



15/03/2017 03:21:08
Policial Federal que atropelou 3, matou 1 e fugiu promete se ... - Midiamax.com.br

Policial Federal que atropelou 3, matou 1 e fugiu promete se ... - Midiamax.com.br



Midiamax.com.br

Policial Federal que atropelou 3, matou 1 e fugiu promete se ...
Midiamax.com.br
O motorista que atropelou três amigos, matou um e fugiu sem prestar socorro é um agente da PF (Polícia Federal). O acidente ocorreu na Avenida Campo Grande, em Naviraí, cidade distante 359 quilômetros da Capital, na madrugada da última ...
Policial federal que atropelou e matou jovem deve se apresentar ...Correio do Estado
Policial federal é suspeito de atropelar três jovens e não prestar ...Campo Grande News
PF que atropelou três jovens e matou um presta depoimento e é ...Aquidauana News
Globo.com
todos os 12 artigos »


14/03/2017 05:59:02
'Cassems Itinerante' leva atendimento especializado até Dourados ... - Agora MS

'Cassems Itinerante' leva atendimento especializado até Dourados ... - Agora MS



Agora MS

'Cassems Itinerante' leva atendimento especializado até Dourados ...
Agora MS
O programa de assistência à saúde “Cassems Itinerante” leva atendimento especializado até Dourados e Naviraí no próximo sábado e segunda-feira, respectivamente. O programa foi criado com o objetivo de amenizar as dificuldades encontradas pela ...

e mais »


08/03/2017 05:07:47
Corumbá, Coxim e Naviraí recebem atendimento especializado com ... - Agora MS

Corumbá, Coxim e Naviraí recebem atendimento especializado com ... - Agora MS



Agora MS

Corumbá, Coxim e Naviraí recebem atendimento especializado com ...
Agora MS
Criado em 2013, o programa de assistência à saúde “Cassems Itinerante” já levou atendimento especializado até Aquidauana, Coxim, Corumbá, Dourados, Jardim, Miranda, Naviraí e Três Lagoas. Só em 2016, o programa atendeu quase 7 mil pessoas ...

e mais »


04/03/2017 04:06:18
Grande FM transmite jogo do Sete neste domingo em Naviraí - Radio Grande FM

Grande FM transmite jogo do Sete neste domingo em Naviraí - Radio Grande FM



Radio Grande FM

Grande FM transmite jogo do Sete neste domingo em Naviraí
Radio Grande FM
Neste domingo (5) a equipe de esportes da Rádio Grande FM estará na cidade de Naviraí para cobertura de mais um jogo do Campeonato Estadual de Futebol da Série A. O Confronto será entre o time da casa, o Naviraiense e o Sete de Dourados. O jogo ...

e mais »


03/03/2017 12:15:57
Prefeitura de Naviraí - MS realiza Processo Seletivo para Professores - PCI Concursos

Prefeitura de Naviraí - MS realiza Processo Seletivo para Professores - PCI Concursos



Prefeitura de Naviraí - MS realiza Processo Seletivo para Professores
PCI Concursos
Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo da Prefeitura Municipal de Navirai - MS, voltado à seleção de novos Professores. Serão selecionados decentes para integrar o Cadastro de Reserva para atribuições de aulas temporárias, na função de ...

e mais »


27/02/2017 10:58:31
Prefeitura de Naviraí-MS realiza seletivo para Professor - Concurso News

Prefeitura de Naviraí-MS realiza seletivo para Professor - Concurso News



Prefeitura de Naviraí-MS realiza seletivo para Professor
Concurso News
A prefeitura de Naviraí, no estado de Mato Grosso do Sul, mediante lançamento do Edital 4/2017, realiza processo seletivo para professores habilitados integrarem o cadastro reserva. Os aprovados e contratados, de acordo com a necessidade do órgão, ...



ANSIM
Anderson Nunes - Soluções Internet & Multimídia